domingo, 7 de julho de 2013

Você Levaria Lixo Para Casa?



“Mas então, não sou eu que o faço, mas o pecado que em mim habita”.
(Romanos 7,17)

Houve uma greve dos lixeiros, e esta se estendeu por muitos dias, assim sendo, as ruas ficaram cheias de lixo.

O Júlio, não sabendo o que fazer com todo o lixo que havia acumulado em sua casa, buscava uma solução para se livrar do mesmo. Foi aí que ele teve uma grande idéia: Foi à papelaria e comprou algumas caixas e bonitos papéis de presentes. 

Chegando em casa, colocou todo o lixo dentro das caixas e as embrulhou com o papel de presente. Depois as colocou em seu carro e foi até uma esquina bem movimentada, e lá as deixou.

As pessoas que passavam olhavam curiosas àqueles bonitos embrulhos ali abandonados. Até que um rapaz se aproximou e, disfarçando, pegou uma das caixas e a levou consigo. Aos poucos, outras pessoas foram fazendo o mesmo, até que todas as caixas foram levadas. Ninguém imaginava que estava levando lixo para casa, quem imaginaria que embrulhos tão bonitos conteriam lixo?

O diabo faz o mesmo conosco, ele disfarça o lixo que é o pecado, o deixando bonito e atraente, para que nós espontaneamente o levemos para a nossa casa, que é o nosso coração.

Muitas vezes nos parece atraente a mentira, o egoísmo, a avareza, o pecado contra a castidade...

Até quando vamos continuar a levar lixo para casa? 

Até quando seremos motivo de risos nas mãos do diabo?

0 comentários:

Postar um comentário