quarta-feira, 17 de julho de 2013

O Poder da Oração



E eu vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á: buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo aquele que pede, recebe; aquele que procura, acha; e ao que bater, se lhe abrirá”.
(Lucas 11,9-10)

Havia uma senhora muito pobre, mão de 12 filhos, e estavam passando por grandes necessidades, aquela já não tinha nem o que comer. Aquela família pobre materialmente, porém, muito rica em fé, se reuniu para rezar o Santo Rosário, pedindo à Deus que aliviasse sua pobreza.

A mãe puxava a oração com muito entusiasmo e os filhos respondiam cheios de fé. Nisso, um homem que era ateu, passando pela janela viu aquela cena, e os interrompeu perguntando: “O que vocês estão fazendo?”. Aquela pobre senhora cheia de fé respondeu: “Estamos pedindo à Deus que alivie nossa pobreza, pois, até fome estamos passando!”.

Aquele homem, por ser ateu, tentou convencê-los de que Deus não iria atendê-los, já que não existe. Foi inútil, começaram a rezar com muito mais fervor.

Ele teve uma idéia para fazê-los parar de rezar, foi ao supermercado e fez uma enorme compra, depois pediu que alguns conhecidos seus a entregasse na casa daquela senhora, e acrescentou: “Quando ela perguntar quem foi que mandou, digam: ‘Foi o diabo!’”.

Aqueles rapazes entregaram a compra e foi grande a alegria daquela família, porém, a dona da casa não perguntou quem havia enviado aquele generoso presente. Então um dos rapazes que havia levado a compra perguntou: “A senhora não quer saber quem foi que lhe mandou tudo isso?”.

Ela, dando um breve sorriso, respondeu: “Não! Sei que tudo isso chegou ao meu lar porque Jesus ouviu as nossas preces, e quando Jesus manda, até o diabo obedece!”.

0 comentários:

Postar um comentário