quinta-feira, 11 de julho de 2013

Não Procure Deus Onde Ele Não Está



“Filhinhos, esta é a última hora. Vós ouvistes dizer que o Anticristo vem. Eis que já há muitos anticristos, por isto conhecemos que é a última hora. Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos”
(I João 2, 18-19)


Em uma fazenda havia várias casas, uma do lado da outra, lá não havia energia elétrica, então usavam a tradicional lamparina.
Um certo dia, no finalzinho da tarde comecinho da noite, um dos vizinhos viu o seu Antônio se arrastando pelo chão no quintal, como se procurasse alguma coisa. Esse vizinho se aproximou e perguntou ao seu Antônio: “O senhor está procurando alguma coisa seu Antônio?”
Ele respondeu: “Sim, eu estava limpando a minha medalhinha de ouro, só que ela caiu e eu não consigo encontrá-la”.
O vizinho começou a ajudá-lo, só que não encontravam a medalhinha. Outros vizinhos se juntaram aos dois e fizeram um verdadeiro mutirão em busca da tal medalha, mas foi em vão.
Até que alguém perguntou ao seu Antônio: “onde o senhor estava quando a medalha caiu?”
Para a surpresa de todos o seu Antônio respondeu: “Na cozinha”.
Todos ficaram espantados e um dos vizinhos perguntou: “Na cozinha? E por que o senhor estava procurando no quintal?”
O seu Antônio respondeu: "Porque aqui no quintal está mais claro”.
Muitas vezes procuramos a Deus como o seu Antônio procurava a sua medalhinha, o procuramos onde Ele não está, onde tudo parece mais claro e fácil. Muitas seitas nos apresentam uma religião da facilidade e da prosperidade, mas cuidado! O que adiantam as facilidades e a prosperidade se caminharemos em vão, já que Deus não está nesses lugares?
Lembre-se que Jesus nos disse que sem Ele não podemos fazer nada (João 15, 1-8).

0 comentários:

Postar um comentário