quarta-feira, 26 de junho de 2013

Tríduo em Honra de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - Segundo Dia



Ó Mãe do Perpétuo Socorro, concedei-me que possa sempre invocar o Vosso poderosíssimo nome, porque sei que ele é socorro de quem vive e salvação do moribundo.
Ó puríssima Maria! Maria terníssima, fazei-me que o Vosso nome seja, de hoje em diante, o alento da minha vida. Apressai-Vos, Senhora, em Socorrer-me sempre que Vos chamar, pois em todas as tentações que me assaltem e nas necessidades que me oprimirem, jamais deixarei de chamar por Vós, dizendo sempre: Maria! Maria! Que fortaleza, que doçura, que confiança, que ternura sente minha alma somente com invocar-Vos e mesmo pensando em Vós.
Agradeço ao Senhor que para bem meu, Vos deus esse nome tão suave, tão amável e tão poderoso. Mas não quero contentar-me somente em pronunciá-lo com amor mais me lembre que devo sempre chamar-Vos Mãe do Perpétuo Socorro.




Rezar 5 Ave-Marias
V: Foste-nos, Senhora, dada como refúgio.
R: Como auxílio perpétuo na tribulação.



Oração Final para todos os dias

Deus onipotente e misericordiosos, que nos destes a venerar a imagem da Vossa bem-aventurada Mãe sob o título especial de Perpétuo Socorro: concedei-nos propício que em todas as vicissitudes desta nossa peregrinação sejamos de tal modo assistidos pela continua proteção da mesma sempre Imaculada e sempre Virgem Maria, que mereçamos conseguir os prêmios da vossa eterna redenção. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém.


0 comentários:

Postar um comentário