terça-feira, 25 de junho de 2013

Tríduo em Honra de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - Primeiro Dia






Ó Mãe do Perpétuo Socorro, eis aqui a vossos pés um pobre pecador que a Vós recorre e em Vós confia. Ó Mãe de misericórdia, tende piedade de mim; ouço dizer que todos vos chamam refugio e esperança dos pobres pecadores; sede, pois, meu refúgio e minha esperança. Socorrei-me pelo amor de Jesus Cristo: daí a mão a um infeliz caído que a Vós se recomenda e a Vós se consagra como servo perpétuo.
Louvo e dou graças a Deus que, por sua misericórdia me inspirou esta confiança em Vós, a qual eu estimo como penhor da minha eterna salvação. Ah!! Eu, miserável caí tantas vezes até agora, por não ter recorrido a Vós. Sei que, com o vosso auxilio, vencerei; e que se a Vós me recomendar, me auxiliareis, temo, porém, que nas ocasiões de perigo, deixe de invocar-Vos e me perca. Esta graça vos peço, pois; encarecidamente Vos suplico que, nos assaltos do inferno, façais que eu sempre recorra a Vós, dizendo: Maria, ajudai-me. Maria Mãe do Perpétuo Socorro, não permitais que eu perca o meu Deus.

Rezar 5 Ave-Marias
V: Foste-nos, Senhora, dada como refúgio.
R: Como auxílio perpétuo na tribulação.



Oração Final para todos os dias

Deus onipotente e misericordiosos, que nos destes a venerar a imagem da Vossa bem-aventurada Mãe sob o título especial de Perpétuo Socorro: concedei-nos propício que em todas as vicissitudes desta nossa peregrinação sejamos de tal modo assistidos pela continua proteção da mesma sempre Imaculada e sempre Virgem Maria, que mereçamos conseguir os prêmios da vossa eterna redenção. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém.



0 comentários:

Postar um comentário